Vai casar? E agora? Parte II

Continuamos a nossa conversa, e depois que já definimos o espaço (igreja, salão, chácara, sítio…) e a decoração, o que devemos ver? Lembrando que partimos de prioridades ok?

  • Buffet: O que vocês pretendem servir? Existem vários tipos de ‘refeição’ que podem ser servidos aos convidados.

– Brunch: Casamento informal. É uma mistura de almoço e café da manhã, servido entre 10 horas e 11h30. É uma espécie de “café da manhã reforçado”.
Dê preferência a um local que ofereça um pouco de natureza, de gramados, folhagens e flores. Pode ser desde um buffet que disponha de um espaço externo com jardins, um salão de hotel, um local no campo como sítio ou chácara, espaços reservados em clubes ou até mesmo os jardins de sua residência. Não precisa haver lugares marcados e as comidas podem ser servidas em ilhas e aparadores.

– Almoço: Casamento semiformal. O almoço poderá ou não ser precedido de um coquetel e poderá acontecer entre 11 e 14 horas. Os locais podem ser os mesmos do café da manhã, o que difere é o tipo de serviço que você vai escolher:

  • Americano – Serviço mais informal. Os convidados se servem nas ilhas e comem em pé, com o prato na mão. Convém disponibilizar um local com cadeiras e pufs para os convidados se acomodarem melhor.
  • Franco-americano (tradicional) – Os convidados se servem nas ilhas do buffet e comem nas mesas com lugares marcados.
  • À inglesa – Os convidados são servidos pelos garçons nas mesas, mas com os pratos já montados pelo serviço de buffet.
  • À Francesa – Os convidados são servidos pelo garçom em suas mesas (que estará montada com pratos, talheres e copos) e montam seus próprios pratos, de acordo com o que for oferecido.

– Jantar: Os jantares pedem um pouco mais de formalidade e sofisticação. Geralmente acontecem após as 19 horas e são precedidos por um coquetel de entrada, que poderá ser servido em uma ante-sala (salão de recepção) ou nas próprias mesas onde os convidados estarão acomodados, aguardando a chegada dos noivo no local. O tipo de serviço pode ser um dos sugeridos para o almoço (o Americano é o menos recomendável) e deve ser escolhido de acordo com o estilo da recepção e do espaço disponível para a recepção. Os pratos para um jantar de casamento devem ser mais leves e sofisticados

– Coquetel: O coquetel pode anteceder um almoço ou jantar ou pode ser servido sozinho. Quando servido sozinho, é indicado para recepções à tarde ou à noite, com pratos quentes. Um pouco mais informal que um jantar, mas não deixa de ser uma forma completa de se recepcionar os convidados. Também é uma boa solução quando não houver espaço suficiente para mesas e cadeiras para todos. O serviço Americano é o mais indicado. Os Finger-foods são uma variação dos coqueteis, com menu mais elaborado, composto de mini pratros e wraps especiais.

– Bolo com champagne: Comemoração elegante, servida geralmente em casamentos pela manhã e à tarde. Quem deseja uma reunião um pouco mais longa ou para casamentos à noite o ideal é servir algum acompanhamento como: salgadinhos ou alguns canapês sofisticados e bebidas variadas: uísque, vinhos e não-alcoólicas, antes do bolo e do champagne. O convite dirá: “Após a cerimônia, os noivos receberão para um brinde no salão da igreja”. Se a igreja não tiver salão, o local do brinde deve ser próximo. O champagne é servido a todos os convidados quando os noivos cortam o bolo e brindam com os pais ou logo em seguida. Por ser um tipo de recepção essencialmente à base de açúcar, recomenda-se que sejam preparados, à parte, doces e bolo diet.

– Churrasco: O churrasco também é uma opção para cardápio de buffet, para um casamento mais simples e despojado. Mas é possível fazer um churrasco com bom gosto e até um certo requinte. Para isso, é importante ficar atento aos detalhes, principalmente se o local e horário são adequados. O churrasco pode ser servido entre o final da manhã e o meio da tarde. É uma opção para casamento no campo, em sítio, chácara, em casa com espaço ao ar livre ou salão de festa grande e descoberto. O serviço pode ser Franco-Americano, disposto em ilhas espalhadas no local, ou os pratos podem ser servidos diretamente na mesa dos convidados, mas convém evitar o sistema de rodízio. O cardápio pode ser composto de uma boa variedade de petiscos como frios, pães, patês e pastas de diversos sabores, além de carnes tradicionais, saladas, guarnições básicas como arroz, farofa e vinagrete, além de frutas grelhadas. Para beber, sucos, cervejas, vinhos tintos e drinques tropicais como caipirinhas e coquetéis.

São os mais comuns, mas ainda temos opções para casais não formais como: rodizio de pizza, comidas de food truck, comidas típicas…

De qualquer forma, o buffet contratado deve ter o estilo do casamento.

Lembre-se de verificar quais bebidas estão inclusas no ‘pacote’ oferecido pelo buffet. Se haverá necessidade de vocês levarem alguma bebida ou se querem complementarem, como por exemplo, e bem comum, os noivos levarem  vinho ou  whisky.

*vale lembrar que a assessoria é responsável pelo contagem das bebidas após a recepção, bem como a devolução dos itens que foram levados pelos noivos. Por isso, é importante que se tenha contratado uma assessora/cerimonialista.*

  • Banda/Coral (para a cerimônia): É de suma importância que se definam qual estilo se deseja no casamento, porque influenciará também na contratação de uma banda, coral ou DJ para a cerimônia.

Aqui vale muito e super indicamos, que conheçam a banda, coral ou DJ. E não conta apenas a indicação, é necessário conhecer o trabalho dos profissionais envolvidos. Além da indicação, visitas em sites e vídeos, é necessário que vocês visitem o que escolherem. Verifiquem a agenda desses profissionais e vão nas apresentações. Como a maioria é em igreja, vocês conseguem assistir a banda/coral ao vivo.

Não esqueçam, vocês definirão o estilo musical, ou seja, escolherão as músicas que desejam que toquem na cerimônia.

Uma dica bem legal, confiram com o profissional que for contratar o tempo de contrato, duração que permanecerão na cerimônia. Geralmente eles chegam antes, no horário marcado no convite e fazem a recepção dos convidados na cerimônia (tocam durante a chegada dos convidados).

Continue nos acompanhando. Não perca as outras etapas e dicas para um casamento de sucesso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s