Casamento – Por Mário Quintana

Em maio de 98, Mário Quintana escreveu um texto em que afirmava que achava bonito o ritual do casamento na igreja, com seus vestidos brancos e tapetes vermelhos, mas que a única coisa que lhe desagradava era o sermão do padre: “Promete ser fiel na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, amando-lhe e respeitando-lhe até que a morte os separe?” Acho simplista … Continuar lendo Casamento – Por Mário Quintana